Procedimentos

OTOPLASTIA
Cirurgia de Orelhas

Voltar

A cirurgia plástica de orelhas também conhecida como otoplastia pode melhorar a forma, posição ou as proporções das orelhas em relação à face.

A cirurgia corrige em especial orelhas muito grandes ou salientes que ocorrem em um ou ambos os lados em diferentes graus: são as conhecidas “orelhas de abano”.

As duas alterações anatômicas que caracterizam a “orelha de abano” são a concha muito afastada da base do crânio (osso mastoide) e a cartilagem sem os relevos normais, principalmente a dobra chamada de anti-helix o que confere o aspecto “aberto” da (das) orelha(s).

A otoplastia tem o objetivo de colocar as orelhas na posição normal, próximas do crânio e corrigir a ausência de relevo do contorno superior. As orelhas bem posicionadas são importantes para o equilíbrio estético da face.

É indicada após os cinco anos e meio de idade, pois nesta época, a criança já tem a orelha praticamente do tamanho que conservará até a idade adulta.

 

Procedimento:

É realizado com anestesia local e sedação e é feito uma pequena incisão na parte posterior da “orelha” com retirada e modelagem do excesso de cartilagem e são esculpidos os detalhes anatômicos da cartilagem superior da orelha, como as estruturas chamadas anti-hélix, fosseta etc.

No pós-operatório deve-se usar uma faixa elástica compressiva para manter as orelhas protegidas e evitar grandes edemas.