Procedimentos

MENTOPLASTIA
Cirurgia Plástica de Queixo

Voltar

Algumas pessoas apresentam deficiências importantes na projeção do queixo, causando grandes incômodos estéticos. Muitas vezes o paciente tem a impressão de que é o aumento do nariz que o incomoda e na verdade é a retração do queixo que está causando a desarmonia facial.

Essa desarmonia é mais significativa quando a retração é maior do que três centímetros da linha anterior da face (linha vertical imaginária que passa pela extremidade do lábio superior e pela região frontal-testa). Nesses casos, pode ser feita a cirurgia de avanço mandibular associada ao estudo ortodôntico.

Quando a retração é menor, pode-se programar a colocação de próteses mentonianas ou o preenchimento com material sintético entre o osso e o músculo do queixo devolvendo a harmonia ao perfil da face.

 

Tratamento:

O implante da prótese na região submentoniana é uma técnica segura, com a incisão entre a gengiva e o lábio inferior. A prótese de queixo não causa problemas de contratura capsular e não precisa ser substituída, pois não sofre desgaste ou ruptura.

A cirurgia dura entre uma e duas horas, com aplicação de anestesia local associada à sedação leve. No pós-operatório deve-se evitar a mastigação intensa. Usualmente não é um procedimento que cause dor.

Em casos menores corrige-se com aplicação de substâncias sintéticas não absorvíveis.

A correção dessas alterações de queixo restabelece um equilíbrio facial e promove um rejuvenescimento em harmonia com as proporções faciais.