Procedimentos

MASTOPEXIA
Suspensão Mámaria

Voltar

É indicada para os casos em que há excesso de pele e flacidez independente do volume das mamas e o objetivo principal é recolocar as mamas em sua posição ideal.

As mamas são constituídas basicamente por pele, gordura e glândulas mamárias. Não apresentam “sistema sustentador” e, por isso, dificilmente é possível elevação das mesmas com cremes, exercícios ou tratamentos estéticos.

Assim como outras partes do corpo, as mamas sofrem alterações da genética, envelhecimento, gravidez e amamentação, ganho ou perda de peso e mudanças hormonais. Desta forma, mamas que antes eram simétricas e firmes, geralmente começam a cair, ficando com um aspecto pesado ou flácido.

O primeiro sinal que caracteriza a flacidez mamária é a posição mais baixa (caída) da aréola, então, independente da técnica utilizada, haverá uma cicatriz periareolar.

 

Tipos de cicatriz de aréola:

O que vai definir a quantidade e a extensão das cicatrizes é o quanto a aréola está abaixo de sua posição ideal. Assim, se a aréola estiver menos de 1,5cm abaixo, a correção dessa queda exige a retirada de uma faixa circular de pele em torno da aréola, que deixará uma circunferência com um diâmetro de 4,5 a 5 cm. Mas, se a aréola estiver além de 4cm de seu ponto ideal, a extensão do semicírculo excluído será bem maior e a aproximação das extremidades determina uma distância muito grande entre o ponto mais baixo da aréola e o sulco da mama, por isso, é necessário retirada da pele no sentido horizontal, resultando um cicatriz em “T” invertido.

É por esse motivo que existem cicatrizes diferentes de aréola, independente da escolha pessoal da paciente ou do médico, e sim, de características específicas da flacidez e volume das mamas.

 

Opções de cirurgia:

Para cada característica das mamas haverá um tipo diferente de cirurgia. Por exemplo: se as mamas forem grandes com ptose, ou seja, caídas, além da mastopexia para flacidez, é indicada a mastoplastia redutora e se forem pequenas e apresentarem uma flacidez em que a aréola esteja a menos de 1,5cm de sua posição ideal, além da mastopexia, pode ser indicada a prótese de silicone, caso seja interesse da paciente um aumento de volume das mamas. Nesse caso não haverá cicatriz em aréola.

Para corrigir as mamas caídas que sofreram perda de volume, se elas apresentarem algum tecido gorduroso ou glandular em seu polo inferior, este pode ser mobilizado para o polo superior de modo a preencher a mama. Outra opção é a prótese mamária que pode ser incluída no mesmo ato cirúrgico.